Plus500 does not provide CFD services to residents of the United States. Visit our U.S. website at us.plus500.com.

O que Determina o Preço das Ações?

Data de Modificação: 06/08/2023

De um modo geral, o preço da ação de uma empresa flutua constantemente e é influenciado pelo desempenho e lucratividade da empresa, bem como pelo mercado em geral e pelo sentimento público em relação à empresa. Os comerciantes e os investidores que querem compreender melhor o mercado de ações e fazerem decisões mais sábias quando escolherem ações também devem estar conscientes de alguns outros fatores específicos que podem afetar os preços das ações. Os seguintes fatores podem ajudá-lo a compreender melhor o mercado de ações.

Procura e Oferta

O principal fator que determina o preço de uma ação é a oferta e a procura. Como os termos sugerem, a oferta refere-se à disponibilidade de uma ação específica, e a procura é o desejo por ela. Baixa oferta e alta procura aumentam o preço de uma ação, enquanto alta oferta e baixa procura diminuem.

Quando notícias e relatórios mostram um bom desempenho de uma empresa ou prevêem crescimento no seu setor, a procura pelas suas ações cresce e o preço das ações aumenta também. Por outro lado, notícias e previsões negativas farão com que a procura diminua; os investidores estarão menos propensos a comprar ações e mais propensos a vendê-las, o que por sua vez aumentaria a oferta de ações no mercado e diminuiria o preço.

A oferta e a procura por uma ação são afetadas por vários fatores. Vamos analisá-los:

Finanças Corporativas e Desempenho

As empresas de capital aberto são obrigadas a publicar relatórios que incluam ganhos, recentes, fluxo de caixa atual e previsões de desempenho. Os relatórios e o desempenho subsequente de uma empresa após a emissão desses relatórios podem afetar a oferta e a procura pelas ações de uma empresa; o bom desempenho aumentará a procura pelas ações e o mau desempenho fará com que ela caia.

Os anúncios de dividendos também podem influenciar o preço das ações. Se os dividendos forem maiores que o esperado, os preços das ações tenderão a aumentar e o inverso também acontece.

Além disso, a gestão e as relações internas de uma empresa também desempenham um papel na atitude de um investidor em relação à empresa, o que por sua vez pode afetar o preço das ações. Se a liderança for capaz e estável, e se sabe que a empresa possui uma política robusta de responsabilidade social, geralmente é considerada uma empresa que provavelmente continuará a crescer e ter sucesso. Para se manter informado acerca de eventos importantes, tais como publicações de resultados, os negociantes podem consultar o calendário económico grátis da Plus500.

Economia

Os preços das ações tendem a subir durante os booms económicos e a cair durante as recessões. As taxas de juros também afetam os preços das ações. Em ambientes com taxas de juros mais baixas, os investidores geralmente procuram melhores retornos em ativos de maior risco. Isto geralmente leva a maiores entradas nos mercados de ações. Por outro lado, quando as taxas de juros são mais altas, os investidores aceitam essas taxas mais altas devido ao menor risco envolvido. Isso tende a levar a uma menor procura por ações. Além disso, considera-se que a inflação afeta o poder de compra e gastos de uma empresa, bem como o dos seus clientes e, portanto, pode fazer com que os seus preços subam adequadamente.

O que São Ações Blue Chip?

Em geral, as ações tendem a ter um desempenho fraco durante períodos de perturbação económica e inflação elevada. Contudo, existem ações que, historicamente, preservaram ou aumentaram o seu valor. Estes tipos de ações são chamadas de ações blue chip são ações de empresas que são conhecidas pela sua reputação e estabilidade financeira. Exemplos notáveis de ações blue chip são as da McDonald’s, da Coca-Cola, e da Disney, todas disponíveis na Plus500. Contudo, o desempenho no passado nem sempre é uma indicação do desempenho no futuro. É por isso que os negociantes devem lembrar-se que até as ações blue chip podem ter um desempenho fraco em certas condições económicas.

Grelha com ícones para finanças empresariais, economia, política e desempenho.

Politica

Fatores políticos também desempenham um papel no preço das ações, uma vez que o ambiente em que as empresas operam é moldado pelos governos. A política afeta diretamente as relações internacionais, regulamentações, políticas monetárias e fiscais, legislação, tributação e muitos outros aspetos da economia. Isso, por sua vez, pode influenciar a capacidade negocial de uma empresa, o preço das matérias-primas, o processo de marketing e distribuição e muitos outros fatores. E todos esses fatores podem ter uma forte influência no desempenho de uma empresa. Por exemplo, as sanções impostas à Rússia pelos Estados Unidos e pelos países da Europa, devido à invasão da Ucrânia pela Rússia em fevereiro de 2022, afetaram as ações de muitas empresas. BP, a empresa de energia britânica, por exemplo, caiu significativamente devido às suas sanções contra a empresa de energia russa Rosnef. Portanto, os efeitos de tensões geopolíticas podem afetar imensamente os preços das ações.

Sentimento de Mercado

O sentimento do mercado é a psicologia coletiva dos investidores e o que eles pensam que acontecerá com o mercado. Sentimento de Mercado geralmente baseia-se nos fatores mencionados acima, assim como nas notícias, fazendo com que a reputação de uma empresa e o preço de uma ação possa aumentar ou diminuir bastante se o sentimento geral for numa direção específica.

Muitas vezes, porém, os investidores baseiam as suas decisões de negociação em tendências, seguindo a onda do mercado, aproveitando um momento, ou acreditando que a tendência em breve reverterá e indo contra ela. Ser capaz de ler para onde o mercado se está a dirigir com base na tendência dos investidores pode permitir que se capitalize numa direção ou na sua mudança.

Como são analisados os preços das ações?

Se está interessado em compreender melhor o preço das ações que escolheu negociar, pode servir-se da análise fundamental e técnica para o efeito. Não pode garantir que a sua análise dos preços seja precisa, mas poderá ser capaz de utilizar a análise para escolher a sua próxima negociação.

A análise técnica utiliza os movimentos dos preços no passado e padrões repetitivos para prever padrões de preços futuros. Apesar de os preços passados recorrentes poderem ser utilizados como um indicador razoável de movimentos futuros, os negociantes devem ter em consideração que o mercado é muito volátil e que os resultados no passado não são indicadores do desempenho no futuro.

A análise fundamental examina detalhadamente os fatores externos e as finanças de uma empresa, e é frequentemente utilizada para determinar o valor de uma ação e para avaliar os movimentos dos preços, tais como o rendimento do capital próprio (ROE), o rácio de preços-resultados (P/E) e o rendimento relativo de dividendos.

Pensamentos Finais

Os preços das ações são impulsionados por uma variedade de fatores, mas, em última análise, o preço num determinado momento é devido à oferta e procura naquele momento.

De um modo geral, os investidores de curto prazo analisarão atentamente as tendências, inflação e fatores económicos para tomar as suas decisões de negociação, enquanto os investidores de longo prazo se concentrarão no desempenho e no poder aquisitivo da empresa.


Aproveite ao máximo a Plus500

Expanda o seu conhecimento

Aprenda perceções através de vídeos informativos, artigos e guias com a nossa abrangente Academia de Negociação.

Explore a nossa +Insights

Descubra o que é tendência dentro e fora da Plus500.

Prepare as suas negociações

O nosso calendário Económico ajuda-o a explorar os eventos do mercado mundial.

Precisa de ajuda?
Suporte 24h/7d